English Spanish Brasil Français

As 15 obras mais imperdíveis do museu d’Orsay

Publicado em outubro 10, 2016 por Abella | Categoria :

Apresentando a maior coleção de obras impressionistas do mundo, o museu d’Orsay está cheio de obras primas dos maiores artistas deste movimento artístico. Todos os artistas expostos produziram durante o período de 1848 a 1914: Millet, Van Gogh, passando por Renoir, Manet, Monet e Gauguin.

Segue aqui uma seleção de obras emblemáticas do museu d’Orsay classificadas por ordem cronológica de sua criação:

 1- As Respigadoras (1857) de Jean-François Millet

As Respigadoras

2- O almoço sobre a relva (1863) de Édouard Manet

O almoço sobre a relva

3- Poppies (1873) de Claude Monet

Poppies

4- Os Raspadores de Assoalho (1875) de Gustave Caillebotte

Os Raspadores de Assoalho

5- A Estação Saint-Lazare (1877) de Claude Monet

A Estação Saint-Lazare

6- Mulher com guarda-sol (1886) de Claude Monet

Mulher com guarda-sol

7- A Noite Estrelada (1888) de Vincent van Gogh

A Noite Estrelada

8- Autorretrato (1889) de Vincent van Gogh

Autorretrato

9- A sesta (entre 1889 e 1890) de Vincent van Gogh

A sesta

10- A Igreja de Auvers (1890) de Vincent van Gogh

A Igreja de Auvers

11- Retrato de Dr. Gachet (1890) de Vincent van Gogh

Retrato de Dr. Gachet

12- Arearea ou Joyeusetés (1892) de Paul Gauguin

Arearea ou Joyeusetés

13- Os Jogadores de Cartas (entre 1890 e 1895) de Paul Cézanne

Os Jogadores de Cartas

14- Natureza-morta com maçãs e laranjas (1899) de Paul Cézanne

Natureza-morta com maçãs e laranjas

15- O Parlamento de Londres. Efeito do sol sobre a névoa (1904) de Claude Monet

O Parlamento de Londres. Efeito do sol sobre a névoa

 

Desfrute as visitas guiadas ao museu d’Orsay oferecidas pela PARISCityVISION para descobrir ou redescobrir estas obras primas, comentadas por um guia profissional ou com um guia em áudio.

Boa visita!

Deixe uma resposta